CRIE UM NOVO HÁBITO SAUDÁVEL – LEIA O RESUMO DAS PRINCIPAIS NOTÍCIAS DA SEMANA PARA SE MANTER INFORMADO COM O MÍNIMO DE ESFORÇO – RESUMO DAS PRINCIPAIS MATÉRIAS DAS MELHORES REVISTAS SEMANAIS DO MUNDO (DE 27 AGOSTO A 03 SETEMBRO DE 2017)

  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+

  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+
“NUNCA DESISTA, VÁ SEMPRE EM FRENTE, SEMPRE HÁ UMA CHANCE DE VOCÊ TROPEÇAR EM ALGO MARAVILHOSO!”

A Frase inspiradora do dia = de Charles F. Kettering


VOCÊ ! Uma pessoa melhor e mais bem sucedida – esta é a causa pela qual trabalhamos apaixonadamente aqui no blog do Maluco:)

Nossa missão é te servir cada vez melhor com conteúdos úteis e muito relevantes capazes de contribuir para o aumento do seu valor pessoal e profissional.

Nossos maiores inimigos comuns são a falta de tempo, o stress, o tédio e a rotina nossa de cada dia.

VOCÊ – Uma pessoa mais bem informada em bem menos tempo – é o objetivo deste post.


Como você já sabe, ler é meu vício.

Eu adoro muito ler e gosto mais ainda de compartilhar o que leio como forma de contribuir para que você se sinta bem informado com o máximo de conteúdo e o mínimo de tempo e esforço necessário para isto.

Eu procuro respeitar muito o seu tempo e a sua inteligência e uso o blog do maluco para combater os nossos inimigos comuns = a falta de tempo, o stress, o tédio e a rotina nossa de cada dia.


Está sem tempo? Então veja abaixo um resumo das notícias que você não deve perder:

Se alguém me encontrasse na rua e me perguntasse o que eu vi de mais importante lendo as revistas desta semana, eu responderia que:

Com pouco tempo, priorize sua leitura da semana pelas duas notícias mais importantes da semana :

1 – A da matéria de capa da Revista Veja que aborda a aprovação, nos Estados Unidos, de um método radicalmente inovador para a cura do câncer, que salvou a vida de 52 pacientes que estavam morrendo por causa de leucemia.

Procure complementar sua leitura com uma boa matéria sobre o tema publicada pela Revista New Yorker.

2  A matéria de capa das Revista The Economist e da Revista New Yorker desta semana, que falam sobre os problemas climáticos provocados pelo furioso Furacão Harvey (ciclone tropical atualmente ativo de categoria 4) que recentemente atingiu o solo do Texas, nos Estados Unidos e causou mortes, inundações, tragédias e prejuízos financeiros principalmente para a populosa cidade de Houston.

As reportagens abordam como a combinação entre áreas geograficamente complexas localizadas em áreas populosas, problemas de administração, planejamento e baixa capacidade de reação à furacões e tempestades provocadas pelo aquecimento global, expõem a necessidade de ações cada vez mais concretas de combate ao aquecimento global por parte de indivíduos, comunidades e governos para um mundo mais saudável, mais sustentável, mais verde e menos quente.

Tendo pouco tempo essa semana, procure se informar pelo menos sobre estas duas matérias e fazer reflexões sobre o impacto que as duas podem ter na vida de todos nós cotidianamente.


O QUE DIZEM AS MELHORES REVISTAS INTERNACIONAIS :

Na principal reportagem das revistas desta semana, a Revista The Economist, expõe em sua capa a imagem de uma cidade totalmente inundada, com a água cobrindo carros, árvores e casas, num cenário cinza e molhado. As imagens são de letras em negrito formando a palavra: “Floods” (Inundações). Abrindo a revista, deparamos com os seguintes fatos resumidos:

Como lidar com as inundações – Como as políticas dos governos exacerbam furacões como Harvey :

Os últimos acontecimentos de destaque no mundo demonstram que, além do aquecimento global constituir por si só uma grande ameaça, a sua combinação com áreas geograficamente complexas, maus planejamentos e subsídios imprudentes tornam as inundações ainda piores para a humanidade.

Tal fato está sendo presenciado nos Estados Unidos, em cenas de tragédias que já foram vistas antes.

As TVs e os Jornais mostram cidades com ruas totalmente alagadas e continuarão explorando este problemas depois que a inundação recuar, deixando pelo caminho carros e casas destruídos, ruas e casas inundadas por lamas e cadáveres afogados.

O furacão Harvey atingiu recordes negativos ao provocar verdadeiros dilúvios com a água batendo no sul do Texas e regiões vizinhas.

Houston (a cidade mais populosa do Estado do Texas e a quarta mais populosa dos Estados Unidos) viu o Condado de Harris se encher d´água em fração de horas, com a água atingindo uma altura semelhante a de uma criança de oito anos de idade.

As recentes notícias sobre os acontecimentos em Houston  me lembraram a famosa cena do filme Apollo 13 onde o ator Tom Hanks, no papel de um astronauta, chama a base de comando e alerta : “Houston, we have a problem !”

O Furacão Harvey atraiu a atenção da imprensa no mundo inteiro ao mostrar a tragédia que atingiu uma das maiores cidades dos Estados Unidos.

Situação parecida foi vivida na Índia, Bangladesh, Nepal e até Serra Leoa onde pelo milhares de pessoas morreram e milhões de pessoas ficaram sem suas residências por causa das últimas inundações por lá recentemente.

Chuvas torrenciais, deslizamentos de terras, verdadeiras catástrofes que estão confrontando governos despreparados e de certa forma mal aparelhados para lidar com as mudanças climáticas recentes, ainda que as tempestades e inundações estejam causando menos mortes nas últimas décadas, graças principalmente a melhores sistemas de alerta às populações, construção de diques, vales e abrigos.

Chama a atenção o fato de que as tempestades e inundações ainda representem quase 3/4 das catástrofes relacionadas ao clima e estejam se tornando cada vez mais comuns e mais caras e dispendiosas para governos e populações, com os problemas devendo crescer à medida que mais populações de mudem para áreas costeiras.

Entre as causas destas tragédias está o aquecimento global – os mares mais quentes se evaporando mais rápido e liberando energia que se condensa dentro de um sistema climático que alimenta a violência das tempestades e a intensidade das inundações.

Harvey foi excepcionalmente devastador porque de repente ganhou muito mais força antes de atingir a terra na última sexta-feira, despejando toda a sua fúria em forma de tempestades na cidade de Houston antes mesmo de retornar para o Golfo do México.

Problemas cada vez mais críticos provocados por um mundo mais quente.

Por fim estamos vendo a combinação de desastres naturais com maus planejamentos, como mostra a região de Houston onde uma ampla população se acumula em regiões geograficamente complexas, sem legislações ou restrições para o bom uso da terra, como é o caso do Condado de Harris.

Os governos e as populações precisam estar alertas e cientes de que algo precisa mudar muito em termos de meio ambiente, proteção à terra e ações voltadas para um mundo mais verde para evitar a chegada de novos furacões como Harvey e todos os seus prejuízos humanos, materiais e financeiros que eles provocam.

Façamos a nossa parte, contribuindo para um mundo mais verde, mais sustentável e reduzindo o aquecimento global!


A inteligente Revista New Yorker traz em sua capa excelente reportagem sobre o tema do Furacão Harvey e dentro de suas outras matérias, um texto sobre outro tema de relevância da semana : O Combate ao Câncer.


A revista traz uma matéria muito interessante mostrando que cada vez mais o Câncer pode ser detectado precocemente com a ajuda das modernas tecnologias e questiona se esta detecção precoce pode prever o grau de periculosidade do mesmo, o quão metástico ou não o Câncer pode ser, no sentido de orientar sobre a necessidade de tratamentos radicais e invasivos ou não.


A matéria é relativamente grande, mas é interessante e relevante. Caso tenha interesse, clique na imagem abaixo para ter acesso ao seu conteúdo online (original em inglês que pode ser traduzido pelo Google tradutor):

Clique aqui para ler a matéria da revista The New Yorker


O QUE DIZEM AS REVISTAS NACIONAIS :

Na capa de maior destaque entre as revistas nacionais, a Revista Veja imprime a foto da garota Emily Whitehead, a primeira criança no mundo a receber o tratamento do que está sendo denominado como : “A Revolução Na Cura Do Câncer” – texto que aparece abaixo da foto da garota em letras brancas, cortado por um grande X em vermelho (cor do sangue).

Segundo a matéria, acaba de ser aprovado nos Estados Unidos um método radicalmente inovador para combater a doença.

Na fase de testes, a terapia salvou a vida de 52 pacientes que estavam morrendo de leucemia.

As matérias das demais revistas podem ser vistas através das capas das mesmas colocadas no final deste post.


EU DESEJO QUE VOCÊ

FAÇA UMA ÓTIMA SEMANA !


Para encerrar com muito bom gosto este post, escolhi como trilha sonora uma música muito agradável para inspirar a sua semana que fala sobre a alegria da gente – que nos faz viver com mais maturidade, menos ansiedade e mais alegria no dia a dia :

 


Ouça :Alvinho Lancellotti – Alegria da Gente (Experimente)


  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+

Sobre Mauro Condé [ MaLuCo:) ] 2689 Articles
Nascido em Belo Horizonte, Mauro Lúcio Condé carrega uma bagagem profissional de muito prestígio. De simples operário, Condé chegou à diretoria da General Eletric e também passou por grandes empresas como EDS e GEVISA, mas consagrou de vez sua carreira no Citibank, do qual foi Diretor Executivo de Qualidade e depois como executivo do Banco Itaú e Telefônica. As mais de quatro décadas de experiências levaram Mauro Condé a abrir sua própria empresa de consultoria e ministrar palestras no Brasil e no mundo.
Contato: Twitter

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.


*