DICA DE BOM FILME – O JOVEM KARL MARX – ATRAVÉS DO QUAL VOCÊ PODERÁ PRESENCIAR O NASCIMENTO HISTÓRICO DE UMA DAS MAIORES REVOLUÇÕES QUE O MUNDO JÁ VIVEU:



“Os filósofos limitaram-se a interpretar o mundo de diversas maneiras;

O que importa é modificá-lo.”

A frase inspiradora do dia de Karl Marx


Minha dica de filme para hoje vai para um filme co-produzido pela Alemanha, Bélgica e França.


O Jovem Karl Marx


Época da plena revolução industrial com os primeiros grandes impactos sendo mais sentidos na Inglaterra, França e Alemanha.

Percebe-se um o processo de exploração do proletariado chegando a níveis intoleráveis, inclusive com exploração do trabalho infantil.


O filme conta a história do famoso filósofo alemão Karl Marx.

Aos vinte e poucos anos ele embarca para o exílio junto com sua esposa, Jenny.

Na Paris de 1844, ele conhece outro filósofo de renome na Europa da época, Friedrich Engels.

Engels, filho de um industrialista, foi quem melhor investigou o nascimento da classe trabalhadora britânica pelo dois lados da moeda – como membro da alta burguesia, industrial e empregador que era e como membro do proletariado, trabalhador (se infiltrando no meio de operários de sua fábrica para entender o jeito de ser e de viver dos mesmos).



Durante um encontro, quando nasce uma grande amizade e após uma troca de elogios rasgados, Engels oferece ao jovem Marx a peça que faltava para completar a sua nova visão de mundo.

Dali nasce um mito para a posteridade.

Entre a censura e a repressão, os tumultos e as repressões políticas, eles liderarão o movimento operário em meio a era moderna.

Entre reuniões, palestras, bebedeiras e vários manuscritos, ambos fundam o socialismo científico ou o marxismo e escrevem obras que entram para a história, entre eluas, o famoso “Manifesto Comunista”.

É de fazer dó ver as cenas onde o jovem gênio Karl Marx, revolucionário e rebelde por um lado se vê forçado a fazer parte do sistema que ele tanto combate para trabalhar em troca de dinheiro para sustento de sua família querida.

Um grande dilema entre o que ele tanto critica e que tanto o sustenta, com o qual ele teve que conviver por muito tempo.

O filme é um bom documento informativo e tem o mérito de ser didático na busca por levar, ao amplo público que pode assistí-lo, o conhecimento de fatos históricos centrais da vida de grandes pensadores da humanidade.

Como sabemos pela história, o mundo acabou descobrindo que nem tanto um sistema nem tanto o outro, constituem uma solução única para os grandes problemas do mundo.


Para auxiliar na sua pré-avaliação do filme, informo abaixo as principais notas que ele recebeu nos melhores sites sobre cinema do mundo:

  • 6,7 – na opinião de mais de 1600 pessoas no site IMDB


  • 5,2 – na opinião dos que o avaliaram no site ROTTEN TOMATOES


  • 6,2 – na opinião dos que o avaliaram no site METACRITCS


  • 7,5 – em minha avaliação pessoal


  • 6,5 – na média das notas acima



Veja o trailer do filme :



Para encerrar esse post, inseri abaixo uma música de muito sucesso de Zé Ramalho que sugere uma denúncia social inspirada nos escritos de Karl Marx, entre eles o famoso livro O Capital :


Ouça :

“Admirável Gado Novo” de Zé Ramalho: 


Sobre Mauro Condé [ MaLuCo:) ] 2743 Articles
Nascido em Belo Horizonte, Mauro Lúcio Condé carrega uma bagagem profissional de muito prestígio. De simples operário, Condé chegou à diretoria da General Eletric e também passou por grandes empresas como EDS e GEVISA, mas consagrou de vez sua carreira no Citibank, do qual foi Diretor Executivo de Qualidade e depois como executivo do Banco Itaú e Telefônica. As mais de quatro décadas de experiências levaram Mauro Condé a abrir sua própria empresa de consultoria e ministrar palestras no Brasil e no mundo.
Contato: Twitter

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.


*