CRIE UM NOVO HÁBITO SAUDÁVEL – LEIA O RESUMO DAS PRINCIPAIS NOTÍCIAS DA SEMANA PARA SE MANTER INFORMADO COM O MÍNIMO DE ESFORÇO – RESUMO DAS PRINCIPAIS MATÉRIAS DAS MELHORES REVISTAS SEMANAIS DO MUNDO (DE 25 DE SETEMBRO ATÉ 02 DE OUTUBRO DE 2017)

  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+

“Você deve ter uma ideia ‘ardendo’ dentro de você, ou um problema, ou um erro que você queira corrigir. Se não tiver com paixão o suficiente desde o início, você não vai chegar até o final”

A frase inspiradora do dia – de Steve Jobs


VOCÊ ! Uma pessoa melhor e mais bem sucedida – esta é a causa pela qual trabalhamos apaixonadamente aqui no blog do Maluco:)

Nossa missão é te servir cada vez melhor com conteúdos úteis e muito relevantes capazes de contribuir para o aumento do seu valor pessoal e profissional.

Nossos maiores inimigos comuns são a falta de tempo, o stress, o tédio e a rotina nossa de cada dia.


VOCÊ – Uma pessoa mais bem informada em bem menos tempo – é o objetivo deste post.

Como você já sabe, ler é meu vício.

Eu adoro muito ler e gosto mais ainda de compartilhar o que leio como forma de contribuir para que você se sinta bem informado com o máximo de conteúdo e o mínimo de tempo e esforço necessário para isto.

Eu procuro respeitar muito o seu tempo e a sua inteligência e uso o blog do maluco para combater os nossos inimigos comuns = a falta de tempo, o stress, o tédio e a rotina nossa de cada dia.

Está sem tempo? Então veja abaixo um resumo das notícias que você não deve perder:


Se alguém me encontrasse na rua e me perguntasse o que eu vi de mais importante lendo as revistas desta semana, eu responderia que:

Com pouco tempo, priorize sua leitura da semana começando pela boa notícia de que o PIB Brasileiro no final do ano pode ser bem maior do que o previsto por analistas, na opinião do Ministro Henrique Meirelles.

Não deixe de se atualizar sobre as notícias que falam dos últimos acontecimentos do conturbado mundo político brasileiro, envolvendo JBS, presidente Temer, ex-presidente Lula e o deputado Eduardo Cunha – leia as reportagens procurando cruzar suas informações para entender o que ainda está por vir em relação a este tema.

E tente passar os olhos pelas revistas internacionais para ver a quantas anda o jogo de xadrez do poder político na Europa, com uma possível transição de poder sobre o bloco de países Europeus, saindo das mãos da Alemanha e indo parar nas mãos da França – leia e interprete o que isto pode representar de mudanças no mundo, tanto para melhor quanto para pior.


O QUE DIZEM AS REVISTAS NACIONAIS :

A Revista Veja publica em sua edição de capa da última edição uma matéria que fala sobre uma Suspeita bilionária – Detalhando trechos de um Relatório confidencial do Ministério da Fazenda que informa que, em catorze anos, o grupo J&F movimentou nada menos que 248 bilhões de reais em operações nebulosas, que incluem remessas a políticos da Lava-Jato.

Na imagem de capa da revista, uma espécie de submarino emerge das profundezas com o logo da JBS e no mar de onde ele sai a água foi substituída por rios de dinheiro, vários pacotes de notas de R$100,00

Esta matéria fala de “uma nova gravação de Joesley que promete incomodar a reputação do Presidente Temer.”


A Revista Isto É apresenta na sua matéria de Capa uma reportagem intitulada ” A Cidade do Medo ” onde ela chama o Rio de Janeiro de cidade acuada e relata com alguns detalhes o custoso cotidiano de quem vive uma verdadeira guerra urbana.

Ela apresenta no seu interior fotos de moradores circulando pelas favelas, principalmente a da Rocinha, cercados de todos os lados por policiais do Exército e Policiais Militares protegidos por escudos e forte armamento e que lá estão para o combate ao crime.


A Capa da Revista Época desta semana é sobre uma entrevista concedida à Revista pelo Deputado Eduardo Cunha, que pode ser resumida nos seguintes trechos :

POLÍTICA –  Eduardo Cunha: “Moro queria destruir a elite política. Conseguiu”

Preso há quase um ano, o homem que derrubou Dilma fala pela primeira vez. Ele denuncia um mercado clandestino de delações – e diz estar pronto para contar o que sabe à nova procuradora-geral da República.

Eduardo Cunha diz na entrevista, entre outras coisas, que está pronto para revelar tudo o que sabe, com provas, datas, fatos, testemunhas, indicações de meios para corroborar o que pode dizer.

Disse que assinou um acordo de confidencialidade com a Procuradoria-Geral da República, de negociação de colaboração, que ainda está válido e que está disposto a conversar com a nova procuradora-geral para contar  histórias quilométricas, desde que haja boa-fé na negociação.

A Revista mostra uma foto com a imagem escurecida do deputado na capa.


O QUE DIZEM AS REVISTAS DE NEGÓCIO DA SEMANA :

A Revista Isto É dinheiro, mostra um executivo puxando um caminhão com uma corda em suas mãos. A matéria fala que:

 O PIB TEM TUDO PARA SER BEM MAIOR QUE O PREVISTO POR ANALISTAS,

na opinião do Ministro Henrique Meirelles – o que seria uma boa notícia para a economia e para os brasileiros.


O QUE DIZEM AS REVISTAS INTERNACIONAIS :

A Revista The Economist estampa em sua capa a imagem de dois líderes europeus atuais : mais para o lado esquerdo da capa, aparece a experiente líder alemã Angela Merkel na penumbra de um grande palco. Do lado direito da capa aparece em cima do mesmo palco, a imagem do jovem líder francês – Emmanuel Macron, fortemente iluminado pelos holofotes.

Metaforicamente o palco representa a Europa dos dias de hoje e a matéria aborda a transição com mudança do foco da liderança do Continente, saindo das mãos da alemã e indo para as mãos do Francês.

Quem lidera a Europa? Esta é a pergunta que a revista tenta responder nesta matéria :

No início deste ano, a resposta era óbvia. Angela Merkel tendia a manter sua hegemonia e domínio como candidata a uma quarta vitória eleitoral em seu território, a Alemanha.

A Grã-Bretanha parecia carta fora do baralho, a Itália estava em baixa e a França parecia paralisada pelo medo de que a candidata Marine Le Pen pudesse reeditar em território francês a mesma história da vitória controversa de Trump nos Estados Unidos.

Esta semana porém, tudo parece muito diferente.

A Sra. Merkel ganhou sua eleição em 24 de setembro, mas com um recorte tão reduzido de votos e assentos que ela é hoje, considerada uma figura diminuída.

A Alemanha enfrenta meses de conversas complicadas de três caminhos. Cerca de 6 milhões de eleitores apoiaram um partido xenófobo de direita, muitos deles em protesto contra as políticas de refugiados da Sra. Merkel.

Não tendo assentos, Alternativa para a Alemanha, uma força perturbadora e polarizadora, é agora o terceiro maior partido do Bundestag.

No entanto, ao oeste do Reno, com um parlamento dominado por sua própria festa recém-minada e devotada, o presidente da França, Emmanuel Macron, está cheio de ambição pelos poderes que lhe caíram nas mãos.

Ao longo da reportagem a revista simula e imagina como se dará a transição de poder na Europa numa passagem de bastão da Alemanha para a França, como consequência dos últimos movimentos políticos – a revista analista os prós e os contras e os impactos que tal situação pode gerar para a própria Europa e para o Mundo.

A revista termina analisando que os primeiros passos do Sr. Macron no centro das atenções podem diminuir ao longo do caminho, pois as chances de qualquer líder reformar a França nunca são altas.

E alerta que Macron vai se esforçar para convencer a Alemanha a abraçar sua visão da reforma da zona do euro.

Mas, se este ano mostrou alguma coisa, é que é um erro apostar contra o formidável Sr. Macron, conclui a reportagem.


A Revista Americana Time publica em sua última edição uma capa sobre sua investigação a respeito da mais recente batalha do Presidente Donald Trump – desta vez contra a NFL-A Liga de Futebol Americano.

Ela analisa como o presidente escolheu entrar em guerra contra o esporte americano e protagonizar grandes polêmicas sobre o tema numa época em que suas prioridades máximas deveriam ser a atenção às ameças da Coréia do Norte, às tragédias provocadas pela passagem dos últimos furacões ao longo do território americano.

A revista analisa que Trump alterna entre os papéis de um dos maiores líderes políticos do mundo com o papel de um simples comediante atrapalhado aos olhos da população e do mundo, ao desperdiçar tanto tempo e energia se voltando para um assunto que não deveria ser tema de sua pauta se ele, desastradamente não tivesse provocado os atletas como fez, instigando temas como racismo ao invés de liderar o país rumo a uma união nacional.

Vários astros de diferentes esportes reagiram às provocações do presidente e a revista analisa em detalhes esta batalha – seus riscos, suas consequências e suas razões. Analisa o que tem de estratégia, de mídia, de marketing, de sério e de piada por trás de tal comportamento do presidente.


Para encerrar este post e inspirar ainda mais a sua semana, escolhi a música :

Uma agradável regravação da clássica música “Como Uma Onda” na voz do premiado Jorge Drexler


  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+

Sobre Mauro Condé [ MaLuCo:) ] 2702 Articles
Nascido em Belo Horizonte, Mauro Lúcio Condé carrega uma bagagem profissional de muito prestígio. De simples operário, Condé chegou à diretoria da General Eletric e também passou por grandes empresas como EDS e GEVISA, mas consagrou de vez sua carreira no Citibank, do qual foi Diretor Executivo de Qualidade e depois como executivo do Banco Itaú e Telefônica. As mais de quatro décadas de experiências levaram Mauro Condé a abrir sua própria empresa de consultoria e ministrar palestras no Brasil e no mundo.
Contato: Twitter

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.


*