25 PERGUNTAS PARA VOCÊ SE CONHECER UM POUCO MELHOR

“O auto-conhecimento tem um valor especial para o próprio indivíduo. Uma pessoa que se tornou consciente de si mesma, por meio de perguntas que lhe foram feitas, está em melhor posição de prever e controlar seu próprio comportamento”

Frase de Skinner- Psicológo e Escritor.


Para ilustrar este post escolhi a obra de arte – pintura – “Vista de Delft” de Vermeer, linda cidade onde nasceu o pintor, num dos seus raros quadros sobre paisagens.

Segundo reza a lenda, este quadro teria feito o escritor Marcel Proust desmaiar ao vê-lo pela primeira vez, em 1902, no museu Mauritshuis em Haia na Holanda.

Proust considerava Vermeer um dos maiores pintores de todos os tempos e este quadro um dos mais belos de todos.


Para mim, Proust é um dos maiores gênios da arte escrita e “Em Busca Do Tempo Perdido” é uma bíblia para ser lida de joelhos por aqueles que creem na força da literatura como um instrumento para nos tornar pessoas melhores.

É um baita livro (em 7 volumes) para quem busca autoconhecimento e inspiração.

Não tem quem não leia este livro sem ter água na boca de vontade de experimentar um pedaço de madeleine, o bolinho plissado que quando banhado em chá, ativa no autor a memória de sua infância.

Se alguma vez na sua vida, você já molhou um pedaço de pão, biscoito ou bolo numa xícara de chá, café ou leite você imitou Marcel Proust até sem saber.

“Proustiano” aliás, virou a designação de um gênero literário, um dos mais nobres em minha modesta opinião.

Eu recomendo que você leia Proust como um antídoto para a superficialidade das ideias do mundo de hoje.


A minha proposta com este post é utilizar a inspiração de Proust para te sugerir que você tire um tempinho para você mesmo e preencha um breve questionário que pode te ajudar a se conhecer um pouquinho melhor.


Na década de 1910, o escritor francês Marcel Proust bolou um questionário que era usado durante reuniões entre amigos.

Tratava-se de uma série de perguntas pessoais, que revelavam opiniões acerca de assuntos culturais, na tentativa de desvendar o perfil das pessoas por assimilação.

ESTA LISTA DE PERGUNTAS FOI APELIDADA DE PROUSTIANA !

Que tal você tentar este exercício interessante e responder a uma Proustiana (baseada no tal questionário bolado por Proust para traçar o perfil genérico de uma pessoa)?

Envie este questionário para pessoas que você gosta e compartilhe com elas as perguntas e as respostas.

Assim além de você se conhecer um pouco mais, poderá conhecer ainda melhor amigos e parentes tão importantes para você

Reflita sobre as perguntas abaixo e responda-as de acordo com suas preferências

Seu nome =

Livros que gosta de ler =

Músicas que gosta de ouvir =

Filmes que gosta de assistir =

Pinturas e Quadros que gosta de apreciar =

Fotógrafos e fotografias que gosta de apreciar =

Filósofos que gosta de ler =

Peça de teatro que adora assistir =

Lugares do mundo que adora visitar =

Prato preferido =

Não pode faltar em sua geladeira =

Bebida preferida =

Onde gostaria de viver =

Qual o seu ideal de felicidade terrestre =

Sua ocupação favorita =

O que gostaria de ser =

O que mais aprecia em seus amigos =

Seu principal defeito=

O que mais detesta na vida e o que mais adora =

Esporte favorito =

Uma mania incurável =

Uma qualidade essencial =

O que gostaria que falassem sobre você no seu velório ?

Um pequeno gesto ou contribuição que você poderia fazer para deixar o mundo um pouquinho melhor =

Uma coisa nova e interessante que você poderia compartilhar com as pessoas para aumentar o conhecimento delas =

Compartilhe este post com os amigos e parentes que você mais gosta, compartilhe e troque as perguntas e as respostas.

Tomara que este gesto permita que : Você se conheça um pouquinho melhor,  seus amigos amigos e parentes possam saber mais sobre você e você possa conhecê-los um pouco mais.

Para encerrar este post, escolhi a trilha sonora ideal para ouvir lendo Proust :

Ouça “O Anel Do Nibelungo” de Wagner (inspirador de Proust) na regência do consagrado maestro Lorin Maaze

 

Sobre Mauro Condé [ MaLuCo:) ] 2702 Articles
Nascido em Belo Horizonte, Mauro Lúcio Condé carrega uma bagagem profissional de muito prestígio. De simples operário, Condé chegou à diretoria da General Eletric e também passou por grandes empresas como EDS e GEVISA, mas consagrou de vez sua carreira no Citibank, do qual foi Diretor Executivo de Qualidade e depois como executivo do Banco Itaú e Telefônica. As mais de quatro décadas de experiências levaram Mauro Condé a abrir sua própria empresa de consultoria e ministrar palestras no Brasil e no mundo.
Contato: Twitter

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.


*