A FIDELIDADE E A LEALDADE SÃO CONCEITOS BEM RELATIVOS – 70% DOS COMPRADORES DE AUTOMÓVEL TROCAM DE MARCA; – 25% DOS CASAIS MUDAM DE CÔNJUGE; – 2,5% DAS PESSOAS TROCAM DE RELIGIÃO E APENAS 0,0025% DAS PESSOAS TROCAM DE…

“A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade.

A dor é inevitável.

O sofrimento é opcional.”

A Frase Inspiradora do Dia – de  Carlos Drummond de Andrade



Para ilustrar esse post, escolhi a obra de arte, a pintura :

“Por Cima Da Cidade” Óleo sobre tela de autoria  do celebrado pintor Russo Marc Chagall – 1915

Casado com Bella, sua namorada de infância, por quem era profundamente apaixonado.

Dizem que ambos viviam uma paixão e um amor intenso.

A ligação entre eles era tão intensa e chegou a ser representada pela imagem atemporal do casal apaixonado planando sobre a aldeia.

Lirica descrição do êxtase da paixão, representada em imagens ao invés de palavras.

Interessante a sua técnica ao pintar dois seres que se amavam, flutuando sobre a cidade e sobre a vida do dia a dia.

Ele procurava caprichar nos detalhes, como os dos sapatos da jovem, da renda da  vestimenta caseira – cuidadosamente trabalhados para ampliar a sensação de felicidade que o voo dessas almas apaixonadas sugere.

Seu lema na pintura era :

“Todas as cores são amigas das que lhe são vizinhas e amantes das que lhe são opostas”. Genial!

 




Uma vez, encontrei com um amigo na rua, do lado de fora de um Shopping – ele saia de dentro do seu novo carro, que era de uma marca que eu não tinha visto ele dirigir ainda.

Assim que me viu caminhando em direção à entrada do Shopping, ele me gritou e veio ao meu encontro, de mãos dadas com uma loura, que me apresentou como sua esposa.

Na verdade, segunda esposa, que eu ainda não conhecia, porque eu me lembrava de uma morena, a esposa do seu primeiro casamento do qual eu tinha sido padrinho numa portentosa igreja católica.

Eles estavam indo para um culto numa igreja evangélica, pois ambos tinham mudado recentemente de religião.

Tudo o que dizia respeito a ele era novo, exceto a velha e suada camisa colorida que ele vestia, homenagem ao seu time de futebol preferido,  camisa que ele constantemente usava desde os 15 anos.

Esse encontro com meu amigo, me fez lembrar um texto que escrevi para os jornais no ano passado :


Por que as pessoas se separam, mas não trocam de time de futebol?


Esta pergunta inspirou o tema da coluna de hoje – a importância de gerenciar o relacionamento com seus fãs e clientes.

Ter clientes é necessário, mas “ReTer” estes clientes é vital. Afinal é o dinheiro que está no bolso deles que você quer passar para as suas mãos de forma íntegra e honesta.

  • Você pode conseguir o que quiser na vida desde que faça isso de forma a ajudar as pessoas na conquista do que elas querem e precisam.
  • Os clientes são como as pessoas do seu convívio – precisam se sentir bem por se relacionarem com você.

Então qual a receita para manter seus clientes satisfeitos?

Meça através de pesquisas o índice de satisfação dos mesmos.

Mas não meça apenas a satisfação, meça também a lealdade dos mesmos, pois mesmo satisfeitos clientes vão embora para a concorrência quando não são leais.

A Lealdade é o resultado da média ponderada das respostas para três perguntas:

Você está satisfeito comigo e com a nossa empresa?

Você tem intenção de continuar comigo e continuar comprando da nossa empresa?

Você me recomendaria ou recomendaria a nossa empresa para outras pessoas?

Uma pesquisa que eu vi num congresso internacional em Madri mostrou que :

Mais de 70% dos clientes satisfeitos com seus automóveis, trocam de modelo, marca ou fabricante em uma nova compra.

Mais de 25% das pessoas no mundo trocam de cônjuge ao longo da vida, se separando uns dos outros para buscarem união com outros parceiros.

Mais de 2,5% das pessoas no mundo trocam de religião em toda a sua vida.

E apenas 0,0025% das pessoas do planeta trocam de time de futebol, ou seja quase ninguém faz isto ao longo da vida (tente lembrar alguém que você conhece que trocou de time).

Desta constatação podemos tirar uma conclusão importante: os times de futebol detêm algum segredo muito grande para manter a satisfação e a lealdade de seus clientes lá no pico a ponto de nunca serem trocados por outros.

Eles exploram como ninguém as experiências vividas pelos seus clientes, as emoções envolvidas no relacionamento, as tradições familiares, a influência de pai para filho e conseguem manter clientes por várias e várias gerações.

Veja abaixo na internet um vídeo curioso chamado – “Immortal Fans” – sobre como um time conseguiu fazer seu torcedor continuar torcendo por ele até mesmo depois de morto.

Transforme seus amigos em torcedores, seus torcedores em fãs e seus fãs em sócios para toda a vida!

Sobre Mauro Condé [ MaLuCo:) ] 2702 Articles
Nascido em Belo Horizonte, Mauro Lúcio Condé carrega uma bagagem profissional de muito prestígio. De simples operário, Condé chegou à diretoria da General Eletric e também passou por grandes empresas como EDS e GEVISA, mas consagrou de vez sua carreira no Citibank, do qual foi Diretor Executivo de Qualidade e depois como executivo do Banco Itaú e Telefônica. As mais de quatro décadas de experiências levaram Mauro Condé a abrir sua própria empresa de consultoria e ministrar palestras no Brasil e no mundo.
Contato: Twitter

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.


*