AS 9 COISAS MAIS IMPORTANTES PARA FAZER UMA GESTÃO DE SUCESSO NA SUA EMPRESA (POST 1/9)

pintor-na-estrada
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+


“Ganhar não é a coisa mais importante do mundo. Mas querer ganhar é !”


Frase de Vince Lombardi


Você! Uma pessoa melhor e mais bem sucedida !

É por esta causa que trabalho no blog do Maluco, para te servir com ideias e pensamentos sobre gestão e carreira que possam fazer a diferença na sua vida para melhor.


Para ilustrar este post escolhi a obra de arte, o quadro “Pintor na estrada para Tarascon” do gênio da pintura Van Gogh.

Metaforicamente ele me sugere um gestor carregando seus instrumentos pela estrada da sua vida a fim de produzir seu trabalho com os melhores resultados possíveis.


Gestão é um termo derivado do latim, vem de “Gestio” que significa conduzir rumo à realização de um negócio.

Muitos negócios são administrados diariamente.

Só o Brasil tem quase 20 milhões de empresas ativas, segundo o site empresômetro.

Quase 2 milhões de novas empresas são abertas por ano, ao passo que em torno de 1100 empresas morrem por dia.

Num cenário como este, o maior desafio após a criação de uma empresa é a sua gestão, principalmente em tempos difíceis como os de hoje.

A boa gestão permite não só a sobrevivência da empresa mas como também a sua competitividade perante seus concorrentes ferozes num mundo de consumidores cada vez mais exigentes.

Então pensei em compartilhar com você, leitor do blog do Maluco, dicas que possam te fazer pensar no que você pode fazer para melhorar a gestão da sua empresa, seja como funcionário colaborador ou como empresário de forma a te ajudar a ter mais sucesso na gestão da sua empresa.

A partir de hoje, publicarei uma série de 9 posts – um para cada coisa mais importante na gestão de uma empresa nos moldes do que fazem as empresas de classe mundial.


1 ) R E S U L T A D O S

Uma empresa não sobrevive sem resultados.

Gerencie sua empresa para que ela gere o máximo de bons resultados, sejam eles financeiros e ou operacionais.

A não ser que você tenha fundado uma instituição de caridade, sua empresa foi feita com o propósito de buscar o lucro e ganhar dinheiro.


Para que isso aconteça gerencie sua empresa pensando em promover seu crescimento ano a ano, pensando em gerar o maior retorno financeiro para seus donos e acionistas.


Gerencie sua empresa para que ela tenha um Caixa sempre positivo, pilote sua empresa com olho no painel do fluxo de caixa diário.

As empresas são como carros – a melhor forma de dirigir ambos é ter um painel indicativo dos indicadores críticos para o sucesso.

No carro dois indicadores críticos para a direção são a gasolina e o óleo.

Analogamente na empresa, os dois indicadores mais críticos são o Caixa e o Lucro.

Trate o caixa como se você a gasolina da sua empresa, que precisa ser olhada quilômetro a quilômetro, pois a sua falta pode deixá-la sem condições de prosseguir em frente. Gerencie o fluxo de caixa de sua empresa diária e religiosamente e tente mantê-lo sempre positivo.

Trate o lucro como se fosse o óleo, que você precisa olhar para ele uma vez por mês.

Eu já vi muitas empresas endeusarem o lucro e negligenciarem o Caixa.

A maioria delas quebrou não por falta de lucro, quebrou por falta de caixa.

Um fluxo de caixa positivo é o melhor presente que você pode dar para a sua empresa.


Uma das formas de contribuir para que o fluxo de caixa saudável de sua empresa é cuidar do giro dos seus indicadores mais importantes, entre eles :

Melhore o Giro dos seus recebíveis – o giro de suas contas à receberdiminua ao máximo o prazo de recebimento de suas receitas.

Quanto antes você receber pelo que vende, melhor, desde que tenha a disciplina rígida de não desviar o dinheiro existente em caixa para outras necessidades que não sejam as mais prioritárias para a sua empresa.

Prefira recebimentos à vista, recebimentos com cartões de débito ao invés de recebimentos com cartões de crédito.

O sujeito que inventou o sistema de recebimentos pré-pago virou um rei dentro de sua empresa.


Melhore o Giro dos seus pagáveis – o giro de suas contas à pagar – aumente ao máximo o prazo de pagamento de suas contas.

Quanto mais tempo você conseguir para esticar o pagamento de suas contas melhor – parcele sem juros, postergue ao máximo o prazo para pagamento das contas relativas às suas compras, sem que isto prejudique o seu crédito.


Melhore o Giro dos seus estoques – quanto menos estoques (de matérias primas, produtos em processo e produtos acabados) a sua empresa tiver, melhor para ela.

Um alto volume de estoque parado por vários dias é um dos maiores sinais de incapacidade de gestão de uma empresa e um sinal de dificuldades financeiras, pois estoque não representa dinheiro líquido, mas sim dinheiro em forma de bens e produtos, que podem empacar o andamento da empresa.

Geralmente, empresas que não têm um bom gerenciamento dos seus estoques vivem com problemas de falta do que vende muito e muita sobra do que vende pouco, você já percebeu isto?

Para ter um giro melhor de estoques, reduzindo-os de forma inteligente procure entender e copiar o modelo como uma livraria gerencia seus estoques – analise e verá que eles não armazenam grandes estoques de seus produtos(livros) expostos em suas lojas e até nem teriam espaço para isso.  Nem por isso perdem vendas e dinheiro.


Melhore o giro de seus processos, reduzindo significativamente o tempo gasto entre o dia em que o cliente faz um pedido e o dia em que ele recebe a sua encomenda(produto ou serviço) – quanto mais rápido for o seu giro de processos, mais competitiva fica a sua empresa.


Além das dicas acima, aumente a margem de lucro da sua empresa – para que isto aconteça faça duas coisas : Aumente suas receitas e reduza seus custos e suas despesas da seguinte forma:


Aumente as suas receitas sempre – tente aumentar todas as suas fontes de receitas – sejam elas provenientes do :

Aumento de suas vendas orgânicas

Aumento de suas vendas através de processos de fusão e aquisição com outras empresas ou

Aumento de vendas através da INOVAÇÃO constante.

Persiga uma taxa agressiva percentual de 25% de inovação ao ano – ou seja tente fazer com que 25% de suas receitas sejam provenientes de produtos e serviços que não existiam até dois anos atrás.

Aumente absurdamente o volume de oferta de seus produtos, quem não oferece, não vende.

Implemente controles inteligentes para evitar a inadimplência – numa empresa, o mais importante não é vender, o mais importante é receber.


Reduza os custos e as despesas sempre – faça controles rígidos e rigorosos de custos e despesas, crie um ranking, um Pareto (gráfico em coluna que ordena dos maiores custos e despesas para os menores) e cobre rigor e disciplina dos seus colaboradores na contribuição para o não aumento de seus custos e despesas.

Antes de aprovar compras, pergunte quais são as alternativas de igual ou melhor qualidade com custo menor – elas sempre existem.

Não aceite custos ou despesas que não contribuam para a geração de receitas.

Administre sua empresa como se você fosse a pessoa mais pão dura do planeta ou como se a sua empresa estivesse quebrada (no sentido de estimular a criatividade dos colaboradores para ajudarem a fazer mais com menos)

Nunca permita que seus custos e despesas cresçam percentualmente mais do que as suas receitas, nunca.

Aplique a fórmula para aumentar o lucro da sua empresa ( L=V-D – Lucro = Vendas menos despesas) e foque muito na atenção obsessiva aos seus clientes, pois segundo esta fórmula, uma empresa sem clientes só tem despesas.


Gostou? Curioso para saber qual é a segunda coisa mais importante para a gestão excelente da sua empresa? Aguarde o próximo post, o post 2/9 – visite o blog nestes próximos dias para conferir mais esta dica.


Para encerrar este post, escolhi como trilha sonora um clássico do grupo Oasis – “Whatever” para inspirar seu desejo de empreender tendo uma gestão de sucesso:


Se você também luta pela causa de compartilhar para o mundo e a vida das pessoas melhorar, compartilhe este post com seus amigos e parentes para que, juntos, possamos transformar este mundo num lugar melhor para se viver.


Sobre Mauro Condé [ MaLuCo:) ] 2743 Articles
Nascido em Belo Horizonte, Mauro Lúcio Condé carrega uma bagagem profissional de muito prestígio. De simples operário, Condé chegou à diretoria da General Eletric e também passou por grandes empresas como EDS e GEVISA, mas consagrou de vez sua carreira no Citibank, do qual foi Diretor Executivo de Qualidade e depois como executivo do Banco Itaú e Telefônica. As mais de quatro décadas de experiências levaram Mauro Condé a abrir sua própria empresa de consultoria e ministrar palestras no Brasil e no mundo.
Contato: Twitter

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.


*