CRIE UM NOVO HÁBITO POSITIVO E SAUDÁVEL PARA VOCÊ – LEIA O RESUMO COMENTADO DAS PRINCIPAIS NOTÍCIAS DA SEMANA PARA SE MANTER INFORMADO COM O MÍNIMO DE ESFORÇO – RESUMO DAS PRINCIPAIS MATÉRIAS DAS MELHORES REVISTAS SEMANAIS DO MUNDO (DE 09 ATÉ 15 DE OUTUBRO DE 2017)


VOCÊ ! Uma pessoa melhor e mais bem sucedida – esta é a causa pela qual trabalhamos apaixonadamente aqui no blog do Maluco:)

Nossa missão é te servir cada vez melhor com conteúdos úteis e muito relevantes capazes de contribuir para o aumento do seu valor pessoal e profissional.

Nossos maiores inimigos comuns são a falta de tempo, o stress, o tédio e a rotina nossa de cada dia.

VOCÊ – Uma pessoa mais bem informada em bem menos tempo – é o objetivo deste post.


Como você já sabe, ler é meu vício.

Eu adoro muito ler e gosto mais ainda de compartilhar o que leio como forma de contribuir para que você se sinta bem informado com o máximo de conteúdo e o mínimo de tempo e esforço necessário para isto.

Eu procuro respeitar muito o seu tempo e a sua inteligência e uso o blog do maluco para combater os nossos inimigos comuns = a falta de tempo, o stress, o tédio e a rotina nossa de cada dia.

Está sem tempo? Então veja abaixo um resumo das notícias que você não deve perder, onde eu acrescentei meus comentários pessoais com a letra destacada na cor verde.


Se alguém me encontrasse na rua e me perguntasse o que eu vi de mais importante lendo as revistas desta semana, eu responderia que:

Com pouco tempo, priorize sua leitura da semana pelas matérias de capa das revistas que falam sobre o homem, seu fascínio e exercício do poder, com todos os prós e seus contras – leia matérias como a da Revista The Economist que fala sobre o homem mais poderoso do planeta atualmente, Xi Jingping que tem explorado muito bem o vácuo de poder deixado pela fraca atuação interna e externa do presidente americano Donald Trump. Veja como o mundo deve se preocupar com tamanha concentração de poder militar, econômico e político nas mãos de um único homem que atualmente domina o xadrez das relações internacionais.

Leia a matéria da Revista Time que cobre o escândalo recente dos Estados Unidos provocado pela queda de um grande poderoso de Hollywood que durante muito tempo agiu de forma inconveniente assediando moral e sexualmente pessoas para satisfazer suas necessidades e desejos e fantasias pessoais, de uma forma totalmente descabível e reprovável.

Tendo um pouco mais de tempo, tente dar uma visitada nas outras matérias das demais revistas para se informar e formar melhor sua própria opinião a respeito dos acontecimentos do mundo.


O QUE DIZEM AS REVISTAS NACIONAIS :

A Revista Veja aborda em sua reportagem de Capa o tema da Transexualidade ela narra a saga dos pais de crianças que não se identificam com seu sexo biológico — condição que afeta 1 milhão de brasileiros.

Eu acredito que o tema ganhou evidência ainda mais por causa da novela da Globo que que aborda esta temática.

A lição que se tira dessa situação é que vivemos num mundo diferente do que vivíamos a bem pouco tempo atrás, com mais liberdade de expressão e de ação e que vivemos numa era cada vez mais crescente de respeito à diversidade.

Todos, sem exceção, merecem tratamento justo, digno e respeitoso – a diversidade nos ensina que uma pessoa ser diferente de você não quer dizer que ela seja melhor ou ela seja pior do que você, quer dizer que ela é simplesmente diferente e deve ser respeitada por isso.


A Revista IstoÉ  traz em sua matéria de capa uma reportagem sobre os jovens e a nova política.

Percebo neste tema – nova política – uma tendência por parte das revistas – uma análise segmentada do comportamento e das reações de diferentes setores da sociedade em relação à tristeza que se tornou a política brasileira, onde a imagem do velho e do atual político é, em geral,  associada com envolvimento em corrupção, desvio de dinheiro público para benefício próprio e maus exemplos de cidadania.

Acho positiva a nova onda que tenta se criar em torno de seguimentos da sociedade (semana passada os empresários, esta semana, os jovens) numa tentativa de reposicionamento seguindo a inteligente premissa de que os eleitores estão atrás de novos nomes, que não tenham sido contaminados pelos vícios da política ruim, totalmente refratários aos tradicionais quadros da vida nacional que perderam sua chance de entrar para a história pela porta do bem.

O Brasil é composto por gente muito batalhadora, gente muito honesta, gente de valor que precisa ser representada por políticos que espelhem suas características e trabalhem em prol de um país melhor, uma vida melhor para um povo que merece e muito.


A Revista Época aborda em sua edição de capa dessa semana mais uma matéria relacionada a casos de corrupção – desta vez ela cita “A corrupção de farda: militares desviam dinheiro público como civis”

Segundo investigações obtidas por ÉPOCA “militares desviam recursos públicos, fraudam licitações, pedem e recebem propina. Basta terem oportunidade e não temerem punição”

Parece oportuna a reportagem que como sempre que envolve acusação de quem quer que seja precisa ser investigada e provada para que não ocorram duas situações indesejáveis – a condenação de inocentes ou a inocentação de culpados. Oportuna, porque muitas pessoas da polução enxergam nos Militares e nos seus representantes uma válvula de escape para tentar domar o mar de lama que se transformou a política atual – candidatos que se dizem representantes dos militares ganham evidências porque a imagem do militar é muito associada à disciplina, ao fazer o certo e ser punido se fizer o errado – a investigação em curso pode mostrar que os perigos existem por todos os lados – a população precisa ficar muito mais vigilante e principalmente precisa votar com muito mais consciência e coerência, pois o voto é a maior arma positiva de mudança para melhor.


O QUE DIZEM AS REVISTAS DE NEGÓCIO DA SEMANA :

A revista Exame ainda dentro da sua última edição quinzenal comentada na semana passada aqui no blog, continua estampando a reportagem especial que fala sobre as cidades do futuro – as que largaram na frente e as características principais das mudanças que estão em curso.

Para mim, ler e comentar as revistas da semana, tem além de ser um hábito saudável e agradável, o poder de me permitir desenhar um radar das mudanças que afetarão o nosso dia a dia muito rapidamente, antes mesmo delas acontecerem – algumas semanas atrás comentamos sobre o fim da era do carro movido à gasolina e diesel e a sua substituição pelo carro elétrico – até então era uma tendência desenhada dentro das páginas das revistas, agora é uma realidade que começa a ser colocada em prática com o anúncio de que a cidade de Paris iniciou os procedimentos para a substituição da frota de veículos que por lá circula por carros elétricos.


A Revista IstoÉ dinheiro traz uma análise do Bradesco após seu lendário fundador e presidente Lázaro Brandão.


O QUE DIZEM AS REVISTAS INTERNACIONAIS :

A Revista The Economist estampa numa capa de fundo laranja uma foto de Xi Jinping, denominado como o homem mais poderoso do mundo, mais até do que o presidente dos Estados Unidos Donald Trump.

A Revista avisa que tamanho poder e influência devem ser vistos pelo mundo com cautela, sem uma expectativa de que a China e seu comandante necessariamente usem seus poderes e influências para tornar o mundo melhor. E ela descreve as razões nesta matéria de capa.

A reportagem diz que historicamente presidentes americanos sempre trataram os maiores líderes chineses com adoração e admiração.

Desde o adulador Richard Nixon que vivia exaltando Mao Tsé-Tung até Jimmy Carter com  Deng Xiaoping e Bill Clinton que fazia reverências parecidas ao ex-líder Chinês Jiang Zeming,

A revista fala que Trump tem adotado a mesma estratégia dizendo que acha Xi Jinping o líder mais visionário e poderoso da história da China.

A revista diz que os Estados Unidos ainda rivalizam com a China em termos de poder e influência no mundo, mas que o presidente americano é considerado um líder fraco em casa e menos efetivo no mundo, ao passo que o líder chinês caminha soberano pelo mundo, administrando uma potência em constante crescimento. Trump está criando um vácuo inimaginável de poder com sua figura e suas ações, conclui The Economist.

A revista chama Xi como o motor da economia global.

O que me chamou a atenção nessa reportagem em tom de comparação é um alerta para que o mundo tome nota do que está acontecendo – o aumento do poder e da influência do líder chinês muito em parte ajudado pelas atitudes do presidente americano.

A revista chama atenção para o igual aumento do poderio militar da China, interno e externo num tamanho sem precedentes. E chama a atenção pela simpatia que Xi tem obtido pelo seu poder econômico e também político na contramão do controverso Putin, líder da Rússia.

A matéria alerta para o perigo que tamanho poder econômico, político, militar, interno e externo pode trazer para o mundo em geral, oferecendo mais riscos do que benefícios, caso ele não seja bem usado.

Vale a pena ler todas as outras análises que a revista faz, inclusive em relação ao posicionamento da China quanto à Coréia do Norte – trabalho de reportagem bem feito e relevante, em minha opinião.


A Revista Time estampa em sua capa outro líder que por ter muito poder, acabou usando-o da pior forma possível e por isso está sendo processado e punido inclusive com a demissão de suas poderosas funções.

A matéria de capa desta semana apresenta uma pergunta = Como Resolver Um Problema Igual ao de Harvey Weinstein, o todo poderoso de Hollywood acusado de assédio moral e sexual por várias pessoas, num escândalo que acabou terminando na sua derrubada do poder.

Esta matéria é mais uma lição = Em pleno 2017 não podemos tolerar pessoas  que insistam em se comportar como os trogloditas dos tempos das cavernas, que maltratem, subjuguem ou amolestem outras pessoas em nome da satisfação de seus desejos e fantasias pessoais.

O mundo não tem mais lugar para pessoas inconvenientes e incapazes de respeitar o próximo. Weinstein acabou caindo pelo buraco que cavou para si mesmo,


E por fim não deixe de ler a sempre agradável, culta e elegante revista americana NewYorker com sua mistura de matérias sobre atualidades, tecnologia, cultura e elegância.


Para encerrar este post e inspirar ainda mais a sua semana, escolhi uma música – uma delicadeza urbana – com uma excelente cantora portuguesa que eu adoro ouvir – Eugênia Melo e Castro:

Ouça a música “Lisboa dentro de mim”

 


  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+

Sobre Mauro Condé [ MaLuCo:) ] 2702 Articles
Nascido em Belo Horizonte, Mauro Lúcio Condé carrega uma bagagem profissional de muito prestígio. De simples operário, Condé chegou à diretoria da General Eletric e também passou por grandes empresas como EDS e GEVISA, mas consagrou de vez sua carreira no Citibank, do qual foi Diretor Executivo de Qualidade e depois como executivo do Banco Itaú e Telefônica. As mais de quatro décadas de experiências levaram Mauro Condé a abrir sua própria empresa de consultoria e ministrar palestras no Brasil e no mundo.
Contato: Twitter

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.


*