Saúde do funcionário – Como melhorá-la dos dois lados (Empresa e Funcionário)

saúde do funcionário
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+
Neste post, vou tentar resumir o que, na minha opinião, pode contribuir para melhorar a saúde do funcionário, com ações tanto do lado da empresa, quanto do próprio funcionário :

Pergunte aos melhores executivos do planeta, aqueles que geram os melhores resultados financeiros e operacionais do mercado – o que eles consideram o bem mais valioso de uma empresa, o maior patrimônio da mesma?

 

A resposta com certeza será: Os funcionários desta empresa.

Isto porque uma empresa com bons funcionários tanto no nível individual quanto coletivo, trabalhando em cima de uma ideia, um produto ou serviço superior e no timing correto, ganha o jogo da competição cada vez mais acirrada dos dias de hoje.

Medir, avaliar, acompanhar e contribuir para melhorar a saúde do funcionário torna a empresa mais competitiva e mais vitoriosa.

Melhoria da saúde do funcionário – O lado da empresa

O primeiro aspecto importante é proveniente da interpretação dos resultados das famosas pesquisas de clima organizacional e indicadores de gestão de pessoas. – Resultados piores, desfavoráveis ou com tendência ruim podem ser um indicador de que algo precisa ser melhorado no quesito saúde do funcionário, principalmente do ponto de vista de bem-estar psicológico.

O segundo aspecto importante é avaliação gerencial dos resultados da compilação dos exames médicos de saúde realizados por ocasião dos exames de rotina e periódicos – sem expor as pessoas e respeitando seus direitos individuais – uma análise conjunta dos resultados dos exames, para saber quais doenças tem incomodado mais os funcionários e porque elas ocorrem com determinado grupo de determinada área ou setor, pode ajudar na melhoria da saúde do funcionário.

Portanto, o cruzamento dos dados de pesquisas de clima organizacional (nível de satisfação, de motivação, de absenteísmo, de afastamento…de determinados indivíduos, grupos de pessoas de determinado setor, área ou tipo de serviço) pode ajudar na melhoria da empresa como um todo.

Para encerrar as ações para melhoria da saúde do funcionário pelo lado da empresa, cito o exemplo de um dos elementos que mais pode contribuir para aumentar este índice:

Não é a remuneração, os benefícios e nem as gratificações que formam o elemento básico para um local vigoroso e altamente saudável de trabalho.
A Chave é o Chefe.

Uma pesquisa do Instituto Gallup descobriu que os melhores e mais talentosos funcionários não vão embora das empresas  porque estão deixando as empresas, mas porque estão deixando os seus chefes.

Aliar um bom chefe, muito bem preparado e bem treinado a uma missão nobre, uma visão energizante e incorporar na cultura organizacional valores que façam as pessoas se sentirem melhores pode ser a chave para a melhoria da saúde dos funcionários pelo lado das empresas.

Melhoria da saúde do funcionário – O lado do funcionário – o que você pode fazer para te ajudar:

Em termos de saúde de funcionários, o item que merece maior atenção também por parte das empresas quanto dos próprios funcionários é o stress.

Pesquisas científicas de longa data realizadas por conceituados médicos e professores de Harvard comprovaram que o Stress causa um dos efeitos mais nocivos na saúde das pessoas.

Elas também concluíram que um estado físico de repouso relaxante e profundo é capaz de neutralizar os efeitos altamente nocivos do reflexo de fuga ou luta ao qual as pessoas se submetem diariamente, como aumentos dos batimentos cardíacos, da pressão arterial, glicose e tensão muscular.

Tudo porque no campo neurológico, o que ocorre é o seguinte: ao topar com um fator muito estressante no trabalho (uma situação, um funcionário, um cliente ou um chefe difícil, uma negociação dura dura, prazos hiper apertados, problemas familiares ou algo pior), somos capazes de lidar com o problema por um breve período antes que sintamos o aparecimento dos fortes efeitos negativos na saúde.

Expostos por períodos longos demais ao reflexo de fuga ou luta gerado pelo stress, a pressão ficará grande demais e o nosso sistema será inundado pelos hormônios do stress, entre eles o cortisol.

Para que você contribua com a redução destes efeitos nocivos e o aumento significativo da sua saúde, os cientistas doutores de Harvard recomendam:

Que você abandone totalmente o problema que está te machucando de algum jeito (física ou psicologicamente) por um breve período de tempo – através de certos mecanismos, fazendo com que seu cérebro relaxe, se acalme e se reorganize de modo a gerar uma melhoria significativa da sua saúde.

Com isto (com esta repentina ida para o lado calmante das coisas ) bem no meio de um forte pico de Stress, você fica mais capacitado para resolver o problema que está quase te matando de stress.

Se você insistir em colocar mais stress para dentro do seu corpo e da sua mente, sua eficiência pode até melhorar, mas ela atingirá rapidamente o seu limite.

A partir daí, o seu rendimento cai drasticamente, como pode ser comprovado pela curva do comportamento do stress de Yerkes-Dodson abaixo:

índice - saúde do funcionário
  • Twitter
  • LinkedIn
  • Google+

A grande sacada e grande descoberta aqui é que ao elevar o nível de stress até o pico máximo, o ponto mais alto da curva de stress acima e em seguida, cortar o combustível deste stress com a mudança para uma atividade calma e revigorante, você aciona a resposta do relaxamento, que neutraliza os efeitos negativos dos hormônios do stress.

Estudos moleculares revelam que a resposta relaxante liberta “lufadas” de óxido nítrico, ligados à produção de neurotransmissores como endorfinas e dopamina.

Essas substâncias químicas acentuam a sensação geral de bem-estar.

Quando o cérebro se acalma, ocorre uma alta focada de atividade em áreas do cérebro associadas à atenção, a conceitos de tempo e espaço e à tomada melhor e mais rápida de decisão.

Ao conseguir trocar suas “chavinhas” mentais, desligar a chave do stress e acionar a chave do relaxamento, você tem um lampejo súbito de criatividade e um aumento incrível de capacidade, no qual a solução para o seu problema tão difícil fica mais aparente.

É um fenômeno momentâneo e muito gostoso de experimentar, capaz de melhorar o seu desempenho e a sua saúde incrivelmente.

Se você gostou deste artigo, recomendo que você leia também: Dicas inteligentes para o aumento de produtividade.

Sobre Mauro Condé [ MaLuCo:) ] 2702 Articles
Nascido em Belo Horizonte, Mauro Lúcio Condé carrega uma bagagem profissional de muito prestígio. De simples operário, Condé chegou à diretoria da General Eletric e também passou por grandes empresas como EDS e GEVISA, mas consagrou de vez sua carreira no Citibank, do qual foi Diretor Executivo de Qualidade e depois como executivo do Banco Itaú e Telefônica. As mais de quatro décadas de experiências levaram Mauro Condé a abrir sua própria empresa de consultoria e ministrar palestras no Brasil e no mundo.
Contato: Twitter

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será divulgado.


*